28.5.16

O meu mundo caiu. Tiraste-me o chão e acabaste com todos os meus sonhos. Fizeste de mim o que quiseste, sem nunca te lembrares das feridas que criaste em mim. E logo a mim, que sempre estive do teu lado. Nunca mereceste o infinito que criei para nós. E eu não merecia o tão pouco que me deste. As últimas palavras que me disseste foram tão cruéis que ultrapassam todas as juras de amor que fizemos. O meu mundo caiu. Mas, certamente, serei capaz de o voltar a erguer.

Sem comentários:

Enviar um comentário