13.10.14

mensagem

Gostava de receber uma tua. Em que me explicasses o porquê da tua indiferença. E o porquê de teres desistido de mim da noite para o dia. Sem ti, agora, sinto-me fraca. Sem ti, daqui a uns tempos, sentir-me-ei mais forte do que nunca. Rezando, rezando para que seja assim mesmo. Ah, vida triste, esta, em que me deixaste. E fugiste como se eu nem existisse. Porquê? 

1 comentário:

  1. que nunca percas a força. mesmo nas noites mais difíceis, o importante é não desistir de lutar. e que a luta seja por ti, por te manteres de pé e forte antes de ser pelos outros. porque se os outros importassem estariam agora a lutar por ti

    ResponderEliminar