12.10.14

Demorei seis horas para me acalmar. Agora, com intenção ou não, tu fizeste com que eu abrisse todas as minhas feridas, outra vez. Não te dês por grande coisa, és só mais uma no meio de tantas. No fundo, és igual a todos os outros. Foi desta que fui ao fundo, bati de cabeça e aqui fiquei. Amanhã penso em levantar-me. Tenho um longo caminho pela frente, é certo. Mas olha, contigo percebi também que amar não é para mim. Nem para ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário