27.3.14

medo do amor

Tudo o que sei é que gosto de ti e tudo o que sabia é que gostavas de mim também. Hoje, já não sei se o que sei e o que sabia ainda podem fundir. Se vamos continuar a ser tu e eu, quando tudo o que quero é que sejamos só nós. Procuro-te todos os dias, na esperança que me procures a mim também. Desejo-te cada vez mais e achar que vou ultrapassar este limiar até me assusta. Tenho medo do amor. Porque quando já se amou tanto e o único presente que se recebeu foi a maior das desilusões, já não há esperança que nos valha. Remar contra as correntes fortes do amor, é o que tenho tentado fazer. Mas, só quero que daqui não nasça mais nenhuma mágoa. Que o que vivemos agora seja do mais sincero. Que sejamos verdade. Juntos.

14 comentários:

  1. Lindo mesmo mas medo não amar mas sim não o saber sentir. Um beijo :)

    ResponderEliminar
  2. Enfrenta esse teu medo e vais ver que tudo vai correr bem!

    ResponderEliminar
  3. "Desejo-te cada vez mais e achar que vou ultrapassar este limiar até me assusta." Compreendo-te plenamente, na minha opinião o tempo ditará o melhor, só ele e somente ele colocará os sentimentos no lugar correto, sendo assim é preciso lidar dia após dia com a mágoa, e para isso é preciso ter muita força. Felicidades!

    ResponderEliminar
  4. R: De nada. É bom saber que há pessoas que sentem o mesmo que nós, beijinhos :)

    ResponderEliminar
  5. "Tenho medo do amor. Porque quando já se amou tanto e o único presente que se recebeu foi a maior das desilusões, já não há esperança que nos valha." Oh, isto é tão verdadeiramente assustador! O medo de amar porque o amor já nos custou a vida. Sei-o tão bem pequenina. Que ultrapasses esta fase e que tudo pareça mais iluminado para ti:)

    ResponderEliminar
  6. O medo só nos impede de viver. Podemos ter já tido que enfrentar o mundo mas, se sairmos à rua e nos escondermos desse medo, tudo corre melhor.

    ResponderEliminar
  7. r: Oh muito obrigada :)
    Não tens de agradecer.

    ResponderEliminar
  8. r: obrigada minha linda, e em relação a ti, espero de verdade que esse medo desapareça.

    ResponderEliminar
  9. Deixas-me sempre do coração quentinho com as tuas palavras doces! Ao ler-te apetece-me abraçar-te e dizer-te o quão te percebo e o quão te acho igual a mim:)

    ResponderEliminar
  10. Isto é para ir para a frente pequenina, quer eu possa estar ou não! Vou tentar ao máximo que isto se realize e que não fique só pela primeira. É urgente sabermos quem está por detrás do computador a escrever as coisas que fazem as delícias dos nossos dias. É urgente porque me identifico com muitos de vocês e isso não acontece à toa na vida real:)

    ResponderEliminar
  11. tão belo, é sempre tão belo ler-te!

    ResponderEliminar