23.2.14

a espera é longa

Triste é saber que tudo o que sei e sinto faz parte do meu passado. Triste é usar isso como barreira para acreditar que tudo pode mudar. Enquanto o meu presente fica entre o que foi e o que pode vir, eu vivo conforme o ontem e na incerteza de um amanhã. Não tenho paciência para nada. Tenho sido demasiado impulsiva. Espero o muito onde há tão pouco. Só preciso de alguém que também precise de mim. É verdade, amor não se pede, nem se recusa. E, por isso, as melhores pessoas aparecem quando menos esperamos, certo? Quero acreditar nisso. Mas, por agora, tudo o que preciso é que alguém me enrole nos seus braços e fique. Que faça de mim a sua melhor perda tempo.

12 comentários:

  1. «Mas, por agora, tudo o que preciso é que alguém me enrole nos seus braços e fique. Que faça de mim a sua melhor perda tempo.» vais encontrar alguém assim. que faça de ti a «a sua melhor perda tempo.», porque basta-me ler-te para perceber que o mereces

    ResponderEliminar
  2. que esse alguém venha, de fininho, e te abrace e te faça sorrir, pequena. porque mereces.

    ResponderEliminar
  3. não és louca nenhuma por pensares assim!
    e obrigada, soube-me bem "despejar" a raiva que sentia :)

    ResponderEliminar
  4. "Enquanto o meu presente fica entre o que foi e o que pode vir, eu vivo conforme o ontem e na incerteza de um amanhã." oh pequenina, que vivas bem entre estes dois tempos, que encontres quem te faça ver que o presente é isso mesmo, um presente que devemos dar a nós próprios para mais tarde recordar. mereces tudo de bom, um beijinho:)

    ResponderEliminar
  5. "Espero o muito onde há tão pouco." Normalmente procuramos a felicidades nos locais errados, e ela esta mesmo ao nosso pé, é uma questão de tempo.
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  6. Não precisas de ninguém que precise de ti, precisas apenas de felicidade, de olhar ao espelho e gostares do que vês- Precisas de acordar todos os dias e realizar os teus sonhos. Aprendi que ninguém precisa de ninguém para ser feliz.

    ResponderEliminar
  7. tudo vale a pena, tens razão, e é por isso que essa espera que vives também vale, é por isso que este tempo que passas esperando por algo que chegue e mude o rumo da vida que levas também vale a pena. e só por valer a pena já é um tempo bonito:)

    ResponderEliminar
  8. Princesinha, não te tenho visto por cá a tenho saudades tuas! Espero que estejas bem e que regresses rápido, que te possa ler em breve! Um grande beijinho:)

    ResponderEliminar
  9. Espero que regresses com a escrita fluente e encantadora que sempre tiveste, minha querida! E com a lembrança permanente que vai haver sempre alguém aqui que vai dar pela tua falta! E que gosta muito de ti:)

    ResponderEliminar
  10. Oh, és sempre um amor Maria Inês! Também adorava conhecer-te! De onde és, se não for "abuso" perguntar?:)

    ResponderEliminar
  11. Eu sou de viseu e estou a pensar ir para aveiro estudar para o ano pequenina:)

    ResponderEliminar