1.9.13

realidade pura e dura

Às vezes, penso em algumas pessoas do meu passado (e graças a Deus que é mesmo do passado) e pergunto-me como é possível haver pessoas assim. São daquelas pessoas que vivem do mal dos outros, sabem? Daquelas que iludem mundos com conversas da treta. Daquelas que não sabem quase nada e acham que sabem tudo. Daquelas que nunca passaram tempo suficiente ao meu lado para sentirem aquilo que é o meu verdadeiro eu. Das que eu não gosto e jamais deveria ter gostado. 

9 comentários:

  1. Olá Maria Inês. Primeiro que tudo queria dizer-te que tens um dos nomes mais bonitos que conheço, e fico super feliz que gostes de me ler. Vou estar atenta às tuas palavras. Mariana :)

    ResponderEliminar
  2. talvez eu até atenda a chamada, não sei :/
    e parabéns pelo teu blog, está lindo!

    ResponderEliminar
  3. se calhar, nós é que complicamos demasiado as coisas, mas nada a fazer, eu sou a complicação em pessoa e duvido que consiga mudar isso
    obrigada eu :)

    ResponderEliminar
  4. será mesmo o melhor para mim :) obrigada, beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Todos nós já tivemos pessoas assim nas nossas vidas, infelizmente.

    ResponderEliminar
  6. Pessoas assim não fazem falta a ninguém!

    ResponderEliminar
  7. Infelismente estamos rodeadas de pessoas más:(
    eu adorei o seu blog e ja estou seguindo aqui
    Beijos

    ResponderEliminar