11.12.14

vilão

Sou a vilã da minha própria vida. Não para os outros, não. Sou mesmo para mim. Sou sempre que me esqueço do meu próprio bem para cuidar do bem dos outros. É, é. Tenho que me deixar destas coisas. 

1 comentário: