20.10.14

sem número

Sou eu agora. Sem espaço na tua vida. Sem nome, sem número, sem nada. Até quando?

Sem comentários:

Enviar um comentário