20.10.14

laço e absurdo

Criámos um laço que tu desfizeste. Tu, só tu. E por muito que eu o queira reatar, já nada há a fazer. É um absurdo eu querer prender-te, quando tu já estás tão longe. Tão longe.

Sem comentários:

Enviar um comentário