28.10.14

flor e tristeza

Flor, o que tanto tu me chamavas. E eu tanto reclamava por achar piroso, mas até que já me tinha habituado. E gostava, confesso. Triste agora é ter saudades e saber que, de ti, nunca mais o ouvirei.

1 comentário: