29.8.12

para qualquer pessoa.

Quando te apercebes, pessoas que diriam estar sempre ao teu lado, já nem se lembram de ti. E de quem foi a culpa? Vais passar dias e dias a julgar ter sido tua. Então, eu aprendi que a culpa é de quem nunca quis saber a tua cor favorita, se preferes o nascer ou o pôr-do-sol, aquilo que queres fazer da tua vida, quem são os teus amigos e quantas noites passas sem dormir. Ele(a) pergunta-te como te correu o dia? Vai ter contigo se lhe disseres que te correu mal, que te apetece chorar? Se não, digo-te que a culpa é do outro, que te prometeu histórias felizes e, no entanto, nunca te soube dar o devido valor. Sabes, mereces muito mais do que conversas virtuais ou encontros sem sentimento. E achas que ele(a) te fazia feliz? Tenho a certeza que és muito mais especial do que ele(a) te fazia sentir. "Que tal viver todo dia como se depois de amanhã fosse o último dia?" Vive, mas vive bem. E não percas tempo com quem não o perdeu contigo!

6 comentários:

  1. Porque sempre se sente a verdadeira essência do sentimento e essa está em nós. A pessoa apenas nos ajuda a compreender tudo isso e a dar um motivo da existência de tal sentimento.
    Adorei o escrito!

    ResponderEliminar
  2. adorei! obrigada por este conselho, mas lê o que escreveste, e leva também tu o conselho :)

    ResponderEliminar
  3. Que texto lindo :o
    Adorei *.*

    // sou nova aqui no mundo dos blogs *

    ResponderEliminar
  4. Vim desejar-te um feliz final de semana, querida.

    ResponderEliminar