7.4.15

temporada

Que a nossa temporada não seja curta. Que seja para lá do infinito. Que tenhamos sempre amor para dar e para vender. Que os nossos sonhos se tornem tão reais como nós. Que um dia olhemos para trás e percebamos que tudo valeu a pena e que as nossas almas, juntas, tenham sido sempre enormes. Que sejamos sempre nós, meu amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário