8.9.14

meninice

Recordo os meus tempos de meninice com tanto carinho. A inocência com que eu olhava o mundo era muita. Desejava crescer o mais rápido possível, imaginava felicidade eterna no mundo dos adultos. Hoje, só desejo voltar atrás. Hoje, percebo que a felicidade que eu procurava já foi. E não tem como voltar.

Sem comentários:

Enviar um comentário